0

Médico revela os perigos de tomar banho depois de comer, o conselho de sua avó nunca foi em vão

 




 

Eu tenho certeza absoluta (não tente negar) que alguém da sua família já te disse para “não tomar banho depois de comer”. E da mesma maneira, eu aposto que você nunca soube muito bem o porquê disso, não é mesmo? Afinal, a justificativa costuma ser o famoso “porque faz mal”.

Em entrevista à Veja São Paulo, o médico Paulo Camiz, clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor da USP, revela que seus familiares não estavam errados em te dar o aviso. Se banhar ou nadar após uma refeição pode causar congestão, um mal-estar súbito causado pela dificuldade do organismo em fazer a digestão.

O especialista explica que, na realidade, o grande problema que causa a congestão são os exercícios físicos e o esforço realizado logo após comer, e não a água, como muita gente pensa.

 




 

Então, como é possível que haja algum problema durante o banho se não há exercício físico?

A congestão pode acontecer debaixo do chuveiro ou dentro da banheira em razão da temperatura quente da água: “O problema não é o banho em si, mas a circulação de sangue que a pele exige quando está em contato com a água em altas temperaturas”, diz Paulo. Por consequência disso, o fluxo maior de sangue passa do estômago, que está digerindo os alimentos consumidos, para a pele, tornando a digestão mais lenta e resultando em uma congestão.

 




 

Com a congestão, o indivíduo pode sofrer falta de oxigênio no cérebro, suor frio, fraqueza, vômitos, dor de cabeça e desmaios. E em casos mais graves e raros, a pessoa pode ir a óbito: “Geralmente ocorrem em quem já tem algum problema de circulação, ou está com a saúde fragilizada por outro motivo”, explica Camiz.

Fonte: bestofweb
Ajude seus amigos, compartilhe saúde!

Administradores

Procuramos estar sempre trazendo do bom e do melhor para vocês, nossos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *