0

cão/gato no sofá e cama, sua saúde está em perigo

 




 

Atenção!

Este post é um alerta e uma prestação de serviço.

Nós amamos nossos animais de estimação.

Mas não devemos deixá-los no nosso sofá ou na nossa cama.

Isso representa uma ameaça à nossa saúde.

Veja o que ocorre…

Cães e gatos carregam pulgas, carrapatos e outros parasitas.

Mesmo quando tratados adequadamente, esses animais podem transmitir doenças, inclusive problemas alérgicos.

Razão pela qual deixá-los no sofá ou na cama não é uma boa ideia.

Quem corre mais riscos são as crianças, os idosos e as pessoas com imunidade baixa.

E este é o motivo pelo qual os proprietários de animais de estimação devem ter certos cuidados.

Beijar na boca é outro erro.

Mas muitos, por motivos sentimentais, não querem nem cogitar parar com essa prática.

E infelizmente não são raros os problemas de saúde provocados pelo contato impróprio com cães e gatos.

De quem é a culpa?

Dos nossos animais?

De maneira alguma!

Eles são totalmente inocentes nesta história.

 




 

Só para você ter uma ideia, pesquisa mostrou que cerca de 60% dos donos de cães e gatos nos Estados Unidos dormem com seus animais de estimação diariamente.

Claro que esta tendência não está associada apenas com os americanos.

O mesmo deve ocorrer no Brasil, em Portugal, no Japão, na Argentina, em Angola, no Canadá…

Por outras palavras, esta é uma prática comum em todo o mundo.

Então, se você cria um animal de estimação, observe estes cuidados: não o coloque no sofá, na cama, não durma com ele, não beije a boca dele.

Especialmente devem seguir esses conselhos as crianças, os idosos, os doentes e os que estão com a imunidade baixa.

Você não deve parar de cuidar e amar o seu cão/gato.

Mas apenas ter os (poucos) cuidados para não pôr em risco a sua saúde e a de sua família.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Administradores

Procuramos estar sempre trazendo do bom e do melhor para vocês, nossos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *